Mitos e Verdades sobre a IU

Leia as frases abaixo e assinale uma das alternativas, com Verdadeiro ou Falso.
  • 1 – Perder urina é natural com o avanço da idade.

    É falso! A perda involuntária da urina não é, necessariamente, parte do processo de envelhecimento. Crianças, jovens e adultos com menos de 60 anos também podem sofrer com o problema.
  • 2 – As mulheres têm mais chances do que os homens de perder urina sem querer.

    É verdadeiro. As mulheres têm duas vezes mais chances de manifestar incontinência urinária do que os homens.
  • 3 – Todo homem que faz cirurgia de próstata terá perda da urina.

    É falso. Segundo dados do Hospital das Clínicas da USP-SP, um ano após a cirurgia, cerca de 10% dos pacientes continuavam com o problema. A disfunção pode ser temporária ou definitiva.
  • 4 – Incontinência urinária e bexiga hiperativa são a mesma coisa.

    É falso. A incontinência urinária é a perda involuntária da urina. A bexiga hiperativa é uma disfunção do músculo da bexiga (detrusor), que pode levar à IU. Nesse caso, ocorrem contrações involuntárias da bexiga que aumentam a vontade de fazer xixi e levam a idas mais frequentes ao banheiro, inclusive durante a noite.
  • 5 – Manter um estilo de vida saudável ajuda a evitar a incontinência futuramente.

    É verdadeiro. Quem leva uma vida saudável tem mais chance de evitar a incontinência urinária. A receita: praticar exercícios físicos, controlar o peso, ingerir muitas fibras e evitar gorduras e cigarro.
  • 6 – A incontinência interfere na vida social e sexual.

    É verdadeiro. Quem sofre de IU muitas vezes evita viagens, festas e até relacionamentos íntimos por medo de ter escapes de urina.
  • 7 – Incontinência não tem cura.

    É falso. Mudanças no estilo de vida e tratamentos permitem que cerca de 80% dos incontinentes experimentem melhora importante dos sintomas.

Você acertou perguntas.

Pode ser que o seu foco de interesse nunca tenha se voltado para este tema. O conteúdo deste site poderá ajudá-lo a sanar dúvidas, a se prevenir ou a se cuidar melhor.
Seu conhecimento sobre IU é mais abrangente, mas provavelmente você conserva alguns mitos em mente. Aproveite para se atualizar.
É um sinal de que busca informações sobre o assunto e está em condições de enfrentar esse problema se, eventualmente, vier a tê-lo. Aqui você encontrará ainda mais dados para refletir e trabalhar a questão ou poder ajudar mais alguém que precisa dos seus cuidados.

Navegue pelo menu e saiba tudo sobre a incontinência urinária (IU).

Fonte: Saúde!Brasileiros com especialistas